Adota-se alguns princípios éticos:

  • Respeitar toda e qualquer pessoa, preservando sua dignidade.
  • Agir com transparência, integridade e respeito.
  • Reconhecer a diversidade de opiniões, preservando o direito de livre expressão e julgamento de cada pessoa.
  • Ouvir seu representado com paciência, compreensão, ausência de pré-julgamento de todo e qualquer preconceito.
  • Facilitar o acesso à ouvidoria, simplificando seus procedimentos, agindo com imparcialidade e justiça.
  • Atender com cortesia e respeito.
  • Promover a justiça e a defesa dos interesses legítimos do cidadão.
  • Jamais utilizar a função de ouvidor para as atividades de natureza político-partidária ou auferir vantagens pessoais e/ou econômicas.
  • Responder ao representado no menos prazo possível com clareza e objetividade.
  • Atuar de modo diligente e fiel no exercício de seus deveres e responsabilidade.
  • Resguardar, quando solicitado o sigilo das informações.
  • As propostas recebidas serão encaminhadas aos órgãos responsáveis para estudo e possível viabilidade e/ou resolução.
  • Quando se tratar de sugestão e houver aprovação, ela será implantada.
  • Se houver denúncias, reclamações ou críticas, as mesmas serão apuradas.
  • Os elogios serão encaminhados às pessoas ou setores aos quais se destinam.