“Mostra Sentidos” das Faculdades de Design instiga pensamentos sobre a vida

Publicado em: 26-04-2018


Os acadêmicos das Faculdades de Design Gráfico e de Interiores da Universidade de Rio Verde – UniRV participaram na noite desta quarta-feira, 25, de uma verdadeira viagem pelos sentidos do corpo humano por meio da  “Mostra Sentidos”.

Visão, olfato, tato, paladar e audição dos discentes foram desafiados. Sob orientação do professor Esp. Ricardo Padilha e inspiração nas obras dos renomados artistas nacionais, Lygia Clark e Hélio Oiticica, os acadêmicos puderam desenvolver uma percepção ampla da arte e do design não só pelos trabalhos em si, mas pelas reações provocadas por eles. “No desenvolvimento de projetos, os profissionais precisam entender que o valor não está apenas na obra, mas também nas experiências com os objetos”, enfatizou.

A mostra foi organizada em diferentes espaços do Bloco Administrativo, despertando as mais diversas sensações. O projeto não só expôs, mas também instigou os experimentadores a pensarem sobre a vida, sentimentos e as escolhas de cada um.

Referências Plásticas:

Hélio Oiticica e Lygia Clark, expoentes do experimentalismo nas artes plásticas nos anos 1960 e 1970 no Brasil, construíram percursos que nasceram na pintura e se projetaram para o espaço tridimensional. Cada um a seu modo construiu intenso cruzamento arte-vida e ambos nutriram grande admiração mútua. Como vetor motriz comum, o conceito de “não-objeto” formulado pelo crítico Ferreira Gullar os articula na superação de uma arte de cunho geométrico-representacional para a proposição de experiências artísticas vivenciais centradas no corpo. É no sentido desses fluxos que aparecem em suas obras as noções de “arquitetura”.
 
 
Fonte: Faculdades de Design