Reitor visita obras do câmpus Goianésia

Publicado em: 17-05-2018


Nesta quinta-feira, 17, o Reitor da Universidade de Rio Verde – UniRV, professor Dr. Sebastião Lázaro Pereira visitou a construção da sede própria da Faculdade de Medicina na cidade de Goianésia. Estão sendo edificados mais de 5 mil m² com um investimento de aproximadamente R$ 4 milhões. O coordenador do Departamento de Engenharia e Obras da Instituição, professor Dr. Bacus de Oliveira Nahime, o coordenador do câmpus da Faculdade de Medicina em Goianésia, professor Me. Christiano Bittar, o gerente de campo da obra, Eduardo Lourenço Nunes Furtado e engenheiros também foram ao local.

A previsão é que a obra seja concluída até o mês de dezembro. A estrutura contemplará 10 salas de aula com capacidade para mais de 600 alunos, 10 salas de tutoria, administração do câmpus e da Faculdade de Medicina, laboratórios de informática e de habilidades médicas, biblioteca, auditório, estacionamento, quadras, demais estruturas necessárias para o curso implantado, além de área de preservação ambiental.

“Estamos dando mais um passo para a expansão da Instituição, a possibilidade de aumento de vagas no curso, qualificação da população local e regional, além de promover o desenvolvimento e sustentabilidade da região”, disse o Reitor, professor Dr. Sebastião Lázaro Pereira.

CÂMPUS

Em 2015 foi aberta a Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde – UniRV em Goianésia. O atual câmpus funciona parte na Secretaria Municipal de Educação e parte no prédio da Universidade Estadual de Goiás (UEG) da cidade.  São quatorze salas de aula, cinco salas de tutoria, duas salas de conferência, um laboratório de anatomia, um de análises clínicas, um laboratório de histologia – morfofuncional, três salas de conferência, sala de atendimento e técnica laboratorial, biblioteca, um laboratório de informática e dois laboratórios de habilidades médicas, sala de Tecnologia da Informação (T.I), secretaria, coordenação, diretoria, almoxarifado e recepção. Em complemento à formação, os discentes realizam as atividades práticas no Hospital Municipal Universitário.
 
 
Fotos: Câmpus Goianésia